sexta-feira, maio 14, 2021
Google search engine
InícioStartups identificam o melhor caminho para empresas economizarem na conta de luz
Array

Startups identificam o melhor caminho para empresas economizarem na conta de luz

São Paulo, SP. 15/4/2021 – Criamos a Lead Energy com a missão de traduzir em segundos a conta de energia para o cliente, de forma a gerar uma análise gratuita das opções para economizar

A ampla maioria das pessoas não sabe que em uma conta de energia existem diversas informações que permitem identificar oportunidades de economia.

A ampla maioria das pessoas não sabe que em uma conta de energia existem diversas informações que permitem identificar qual o melhor caminho para economizar com esta despesa que só aumenta todos os anos e que representa, em alguns casos, um dos maiores custos de uma empresa.

Isso acontece porque os dados disponibilizados na fatura são técnicos e de difícil compreensão. De fato, a conta de luz nada mais é do que uma nota fiscal que não foi feita para amadores.

Para se ter uma noção, empresas chegam a pagar multa para a concessionária local de até 10% do valor da conta por não adequação de um equipamento técnico ou pagam mais do que o necessário por estarem na opção tarifária incorreta.

Pensando neste problema, algumas startups do setor de energia começaram a se movimentar para ajudar empresas a identificarem oportunidades de economia, sem necessidade de desembolso inicial, com soluções cada vez mais sustentáveis e de acordo com o perfil de cada cliente.

“Criamos a Lead Energy com a missão de traduzir em segundos a conta de energia para o cliente, de forma a gerar uma análise gratuita das opções para economizar. Além disso, recomendamos o melhor caminho para o cliente obter o benefício”, comenta Raphael Ruffato, sócio fundador da Lead Energy.

Mas afinal, quais são as análises que poderiam ser feitas com base na conta de energia?

– Avaliação se a demanda contratada com a distribuidora está adequada a necessidade da empresa;

– Confirmação se a modalidade tarifária atual é a mais correta;

– Verificação da possibilidade de compra de energia com outro fornecedor, conforme legislação vigente do mercado livre de energia que existe há mais de 20 anos;

– Identificação de excedente de energia reativa que ocasiona multa paga para distribuidora local;

– Análise da possibilidade de instalação de painel solar, principalmente para empresas de baixa tensão no qual o payback fica em torno de 4 anos;

– Avaliação da possibilidade de monitoramento da planta para contas com grande potencial de redução do montante consumido.

“Devido a toda esta complexidade, infelizmente muitos clientes preferem pagar a conta de energia do que tentar questionar a concessionária dos altos valores cobrados. Por este motivo, recomendamos procurar sempre um especialista para apoiar nesta atividade”, complementa Raphael Ruffato.

Portanto, as empresas podem se beneficiar não apenas economizando, mas tamém optando por soluções cada vez mais sustentáveis e com baixo ou nenhum desembolso inicial.

Website: http://www.leadenergy.com.br

RELATED ARTICLES

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments